sábado, 15 de abril de 2017

Resenha: Urso Polar da Kamaleão Color 15 dias depois!

Oi, pessoas!

O tempo passou e fiz alguns registros. Postei lá na página algumas fotos ao longo da semana e não tiveram lá tantas mudanças.

Foram cerca de 8 lavagens (intercalando os dias) e já dá pra observar algumas diferenças em relação ao dia em que foi matizado.

















A franja ficou BRANCA! Não é surpresa, aconteceu o esperado mesmo e ela está se mantendo branca e uniforme.

















A raiz dourada foi desbotando gradativamente e está praticamente como costuma ser normalmente. Ou seja: O matizador segurou o excesso de dourado por 15 dias. Já estaria no momento de retocar.
Em geral, está dentro um pouco acima da média, matização em si tende a durar menos em comparação com outras cores.

















A franja branca com um pouco de interferência de dourado na raiz.
Lembrando que teve desbotamento de ruivo e mesmo lavando separado tende a manchar.


















Aqui começa a parte chata e pessimista: Raiz completamente dourada! haha
Metade dessa parte é a Aluminum, da Candy Color e metade é a Urso Polar.
Ou seja: A Urso Polar só cobriu melhor o dourado e conseguiu segurar o cinza mais tempo.
No geral, as duas chegam ao MESMO resultado. 



















Do outro lado. Raiz predominando dourado e o comprimento clareando gradativamente até chegar no branco.














Mais da raiz, que se for comparar, manteve o efeito branco por mais tempo.

















Aqui é o final da raiz dourada e o comprimento das partes do lado. O efeito cinza saiu, porém agora o branco está começando a ter inteferência do ruivo acobreado.



















Caso similar. Raiz ficou dourada e o comprimento ainda predomina branco.

No geral, o que podemos concluir:

-Considerando que são 150ml e o matizador é bem intenso e pigmentado, sim, é um bom custo beneficio pra quem quer deixar branco e o reflexo está forte ou pra quem quer ficar cinza.
-Ele não faz milagre. Durou um POUCO acima da média dos outros (que são de 4 a 6 lavagens), mas tenha em mente que não ficará o mês todo assim.
Os retoques serão menos frequentes, mas ainda necessários.
-Ele desbotou uniforme.
Onde ficou dourado mais rápido era o esperado e o branco predominou.


Pra quem procura uma matizador cinza, ele continua sendo uma ótima escolha.
Porém, ele NÃO é de longa duração! A cor fica bem até umas 6~8 lavagens e dependendo, posteriormente, já precisa de retoque.
Se você é como eu que intercala, possivelmente a duração será de 15 dias.

Bem, caso você tenha gostado, é só entrar em contato lá na página que conversamos melhor! Ainda tem disponível para venda.
d:-)

sábado, 1 de abril de 2017

Urso Polar: Matizador Cinza Kamaleão Color

Ei, pessoas!

Hoje temos a comparação entre: Aluminum, da Candy Color e a Urso Polar, da Kamaleão Color.
Ambos são matizadores cinza.

Como meu cabelo estava antes:












Loiro claríssimo com raiz dourada e o cumprimento levemente salmão (que é do Flamingo, o que mantém meu ruivo)













Raiz BEM dourada.










Não arrumei de propósito: Minha intenção era fazer o teste na base mais escura, manchada e zoada possível, pra testar o matizador no extremo.
E para que seja avaliado o quão pigmentado ele é e o nível do reflexo que ele cobre.












Atrás, ele está levemente manchadinho do rainbow.











Algumas partes estão loiras, outras tem resto de cor. 

Bem, o que eu fiz:
-Separei a franja, para testar a Urso Polar.
-Separei dos lados, para testar a Aluminum.













A do meio é a Aluminum, da Candy.
A de trás já é a Urso Polar.

Dá pra ver a diferença, ele tá mais "rala".










A Urso Polar é praticamente roxa, está bem mais intensa, como se fosse um creme!













"Oi, aqui testei a Aluminum"
Lembrando que foi nos dois lados.













"Oi, aqui testei a Urso Polar"

O que eu fiz: Na parte de trás e na franja usei a Urso Polar (que eram as partes "piores"), e dos lados fiz duas mechas da Aluminum.









Aqui é já enxaguado.













Neste passo, NÃO usei shampoo, apenas enxaguei e tratei, como de costume.

E os resultados!


















Na parte da frente: Parecia roxo forte na aplicação e...CINZA, cinza!! ^^
A cor ficou bem intensa.
Inclusive, ela puxa um pouco pro azul. Se você se assustou e achou meio fantasia DEMAIS, é só diluir que quebra o efeito. 



















Lembram que tem Candy Color aqui no meio?
Aqui a gente já começa a diferenciar: a Candy no geral dá o mesmo efeito, PORÉM: Ela é mais fraca e não cobriu a raiz dourada.
Ela funciona melhor pra loiros que querem ficar platinados ou LEVEMENTE cinza.


















Aqui dá pra ver: tem um dourado na raiz, inclusive onde foi usada a Urso Polar.
Porém, é só um dedo.
Minha teoria: Como mantenho essa parte da franja com a 12.111 da Loreal e NÃO descoloro, o cinza não pegou devido a falta de porosidade do cabelo.

Então caro leitor, se você usa tintura loiro claríssimo ao invés de descolorir, sim, é possível que a cor não tenha fixação tão boa quanto poderia. 


















No geral, a cor está bem intensa e uniforme.
Além de levemente azulada.
Novamente: sim, ela é forte! Se te incomodar, é só diluir em creme. 















Atrás estava manchado do rainbow, lembra?
Eram algumas graduações de cor.
A Urso Polar conseguiu neutralizar e cobrir boa parte do colorido. Caiu pra um loiro claríssimo e ficou uniforme!
Pela tendencia, com mais uma aplicação, acho que ficaria cinza igual a franja.

















Atrás, mais dourado e uniforme, quase indo pro cinza e a parte do lado, que foi onde pegou melhor.



















Aqui é SÓ a Aluminum, da Candy.
Ficou tão cinza quanto a Urso Polar onde estava mais poroso e mais claro.

Minha teoria da raiz do 12.111 também se aplica aqui: a Aluminum não cobriu pelo excesso de dourado e da falta de porosidade.
A Urso Polar, como é mais "forte" e tem consistência que beneficia, pegou melhor.

















No geral, elas ficaram bem parecidas. A diferença no comprimento de onde a Aluminum pegou melhor é bem pouca pra Urso Polar.

































Mostrando qual parte da raiz não pegou: foi menos de 1 dedo.



















A mecha da Aluminum.


















Mecha da Aluminum vs franja da Urso Polar.

















Mais uma de trás. Algumas partes pegaram melhor o cinza. Na raiz, o dourado se mantem.



















E outra, da Aluminum vs Urso Polar.

Bem, pessoas...No geral:

-A Urso Polar é um cinza mais pigmentado.
Tanto a cor geral quanto pela consistência em creme.
Ou seja: Ela pode ser, seguramente, diluída até 1:3.
A base NÃO precisa estar loiro platinado.
Ela cobre cabelos que estejam um pouco mais escuros ou manchados.
DEPENDENDO da cor e da intensidade!

-A Aluminum é um cinza que, mesmo sendo forte, é em gel. Então inevitavelmente acaba quebrando um pouco da cor.
A consistência não beneficia tanto.
Ela também NÃO exige base platinada.
Ela cobre razoavelmente cabelos que estejam levemente manchados.
E não se aconselha diluir.

Se você tem cabelo loiro claríssimo e SÓ quer dar um EFEITO cinza:
-A Aluminum pode ser usada pura.
-A Urso Polar pode ser diluída até 1:3.
Caso você não tenha segurança em diluir e tenha medo de ficar azul, ai a Aluminum seria ideal.
Se você gosta de diluir e fazer testes, a Urso Polar seria uma opção melhor.
d:-)

E, pra quem quiser testar, tenho as duas a pronta-entrega! \o
É só me chamar lá na página que conversamos.
^^

segunda-feira, 20 de março de 2017

Intensificador de ruivo/vermelho: Kamaleão Color Flamingo

Ei, pessoas!

Faz alguns meses que estou mantendo o ruivo (pelas outras fotos do colorido, dá pra ver e tals.

E hoje, irei mostrar pra vocês como intensificar o ruivo com tonalizante fantasia.

Escolhi a Kamaleão Color Flamingo por ser um vermelho alaranjado menos fantasia. Fiz alguns testes previamente e ele foi o mais próximo em termos comparativos ao intensificador da Koleston, que vem na caixinha da tintura.
Atualmente uso o 7744 da Koleston+8.66 da Alfaparf. Ambos tem nuance alaranjada e no começou, predominam pra vermelho, desbotando assim QUAASSEE ruivo acobreado.

Quase porque dá pra ver que é tingido, ele o ruivo natural é loiro com uma fração de cobre. O cosmético são proporções variadas de loiro, vermelho e cobre.
Como, por gosto pessoal, prefiro o avermelhado laranja, baseado nos testes da própria Koleston, escolhi ele.

https://www.facebook.com/nice.stuff.tintascoloridas/photos/a.947194815410143.1073741844.547189275410701/998167420312882/?type=3&theater
*O link dos comparativos!

Se você usar um cereja, marsala ou alguma que tenha reflexo rosado, provavelmente o intensificar deles irá predominar mais pro vinho.
Ai é só pesquisar, dentro daquele limite, qual chegaria mais perto.

O que eu fiz: Dilui a Flamingo numa proporção 3:10.
Poderia ter sido menos, ela é bem pigmentada. Porém, como estava levemente manchado em algumas partes, optei por uma proporção escura o suficiente pra cobrir bem e que ainda mantivesse a cor original.
Se você quer mais pra cobre, ai 1:10 é uma proporção interessante.
Ou o Raposinha, que é lançamento e próprio para ruivos.
*Não farei teste com ele porque tem fundo marrom e não laranja. Dai vai zoar meu vermelho...dx-D
















Flamingo: 3 colheres dele pra 10 de condicionador.














Não ficou laranja fantasia. Ficou um acobreado terroso. 
 
 
Como estava antes. Então, na prática, essa cor seria a mais aproximada ao ruivo natural em si! hahaha. Enfim, é praticamente gosto pessoal
Porém, como estava bem mais avermelhado, ficou sem brilho e já com cara de 
 desbotado.
 
 












Ela recém aplicada! Ficou um vermelho forte. O que, provavelmente, irá assustar no inicio se você prefere mais acobreado.
Bem, é só diminuir a proporção, este seria um caso extremo! ^^














Na raiz. Em algumas partes, dá pra ver o contraste entre antes e o já sendo pigmentado.
Juro que apliquei de maneira uniforme, inclusive uso um pente específico pra isso. Se for meio que aleatório e não tiver mais cuidado, ou pode manchar e você ter que refazer ou a cor não pegar.
Inclusive, uma dica: Não faça no banho. Aplique a parte antes. As chances de erro são bem menores.














Ele prontinho! A parte de trás, pegando parte do rainbow.












Em ambiente aberto, contrastando com a franja branca (que é mantida com 12.111 da Loreal).













 
Há uma pequena diferença porque usei borrifador atrás, de hidratação a base de bepantol. Inclusive parece mais pesado e algumas partes ainda estão úmidas.
E o local da foto também mudou.
Juro que ficou da mesma cor no geral, pode confiar! haha










Novamente, na parte da frente, em ambiente aberto.

Outra utilidade para tonalizante fantasia vermelho/laranja: intensificar ruivos e vermelhos em geral.
Lembre-se de pesquisar a diferença entre cada um, se prefere mais avermelhado ou alaranjado e testar proporções, pro resultado final não assustar e ficar mais intenso que o desejado! d:-)

Obs: Lembrando que tem ele e o Raposinha na Lojinha, tendo interesse ou curiosidade, é só entrar em contato que ajudarei a escolher o mais adequado pro seu caso.

domingo, 19 de março de 2017

Resenha Special Effects: Cores mais claras

Oioi!

No episódio de hoje, mostrarei como ficam cores muito clara da Special Effects desbotadas!

E claro, aproveitar para fazer os devidos comentários...

As cores escolhidas foram: Cupcake Pink, Hi Octane Orange, Bright Yellow, Fishbowl, Widlflower e Deep Purple diluída.
Lembrando que elas foram aplicadas DUAS vezes e a base estava um loiro clarissimo quase branco.


















Para começar:
-Bright Yellow: Mesmo sendo de uma das marcas mais conceituadas de cores fantasia, a Bright Yellow é, sem dúvida, um dos PIORES amarelos!
Esse frasco é novo, comprei mal faz 4 meses, mas por algum motivo, ao pigmentar, ela fica quase transparente.
Não é como as outras em creme que você vê amarelo. Ela parece dar um BRILHO amarelo.
Sinceramente, não recomendo e nem usaria de novo pura.Ela deve ser melhor pra fazer cores neon.

-Limelight: Ele ficou fora de circulação uns tempos, a Special Effects reformulou. Particularmente, achei o tom esquisito. Ele não é verde LIMÃO. É verde grama mais claro.
E não é neon quanto as cores mais claras costumam ser. Saiu do padrão geral da marca.
A duração é "ok", já se foram umas 6~8 lavagens e está aqui.
-Fishbowl: Essa superou! Geralmente sai em algumas lavagens e parece recém-tingido. Estou surpresa da cor ainda estar bonita.
-Wildflower: É um roxo intermediário, azulado.
A duração dele costuma ser boa pro tom e aqui, está praticamente intacto! Geralmente ele passa o mês bem.




















- Parte do Bright Yellow, que virou laranja.
-Hi Octane Orange: Praticamente sem mudanças! É um laranja avermelhado intenso neon.
-Cupcake Pink: Ao meu ver, ele se perde muito fácil. A mecha era mais grossa que a Hi Octane, mas parece que ela não se deu muito bem em uma sequencia e acabou manchando mais que o esperado.
É um rosa que fica melhor usado sozinho ou com azuis/roxos. Que dá mais contraste.

















-Hi Octane parece ser a maior parte do lado direito.
-O Bright Yellow só aparece a raiz! hahaha
-O Limelight tem umas partes em destaque.
-E o Fishbowl aparece firme e forte.


















-O Deep Purple diluido já aparece!
-E o Limelight, apesar da mecha também ter sido grossa, parece que a pigmentação não superou a do Fishbowl e este acabou manchando.

Analisando, como a Bright Yellow tem pigmentação ruim e o Limelight parece ser uma cor meio problemática, os dois acabaram se misturando com o Hi Octane e o Fishbowl. Ao invés de ter quatro cores, dominou duas. 



















-Deep Purple diluído 1:5~: Ele é aquele roxo rosado que não é lilás ainda.
E está praticamente intacto!
Junto com o Wildflower, ficou marcado o contraste, dá pra ver quando fica mais azulado.
E o Fishbowl é aquele turquesa que fica bonito e dura o tempo esperado.



















Resumo otimista do post:

-Limelight e Bright Yellow NÃO valem o investimento.
O Limelight é um verde-grama-claro meio pastel e sinceramente? Tem verdes muito mais bonitos e com efeitos mais interessantes em outras marcas.
E o Bright Yellow só fica amarelo no inicio. Ele serve mais pra fazer cores neon. Puro não revela a cor.

-O Hi Octane é um laranja avermelhado, está entre o Nuclear Red (vermelho laranja neon) e o Napalm (laranja neonzão).
Ao meu ver, é um dos melhores em se tratando da cor. Alias, qualquer um desses vermelhos alaranjados será satisfatório!

-O Cupcake Pink é uma cor que funciona melhor sozinha ou contrastando com roxo e azul. Ela se perde muito fácil e apesar de um rosa claro neon, tem tendencias a ficar coral. Talvez seja uma opção pro tal "rosagold" se diluída.

-O Fishbowl é um turquesa que fica bonito tempo suficiente e dura razoavelmente bem. Porém, ele é muito claro e foge um pouco das outras que são mais intensas. Então diluir vai influenciar mais na duração do que na cor.

-O Wildflower é um roxo azulado similar ao caso do Fishbowl, porém mais pigmentado. Ele tem mais facilidade de pegar em bases amareladas. Logo, é um roxo que valeria sim, investir.

De sete cores da Special Effects, que é considerada a MARCA TOP professional de cores fantasia, duas são bem inferiores a média e uma só funciona bem se for mais isolada ou com cores que contrastam.

O que quero dizer: NÃO Superestime marcas!
Não opte só pelo nome.
Analise como ela fica. Como ela comporta com outras.
É a linha ténue entre manter a cor ou ter um trabalhão pra ficar retocando.

Dessas, não tenho na Lojinha a Wildflower, Fishbowl, Limelight e Bright Yellow. Todas as outras e mais tem disponiveis, caso você queira experimentar! ^^
http://nicestuff.iluria.com/

sábado, 11 de março de 2017

Lavandas e variações a partir de rosa e roxo

Oi gente!

No tutorial de hoje a tia vai ensina-los a como fazer tonalizantes de cores pasteis e variações de lavanda em casa! ^^

Como lavanda é uma cor que dura pouco e o rendimento costuma cair, é bom que você tenha noção pra não precisar comprar diversos frascos ou danificar o cabelo com um tom que é mais claro do que o desejado.

Você vai precisar de:

-Um tonalizante rosa clara
*No tutorial irei usar os três que tenho, pra dar uma ideia da diferença
-VG (violeta geneciana)
*Você irá usar MENOS de 1 gota pra cada
-Creme
*Qualquer um. Condicionar, mascara de hidratação...

1- Uma colher de chá de cada uma...












2-Separe uma fração de creme pra cada

 













3- Dilua os tonalizantes em creme...













4- Ieeeeeeei, você fez rosa pastel! hahaha
dx-D














5- "Djuli, ainda assim, achei escuro pro que quero!"
Dilua mais uma colher! ^^
Foi o que fiz na Carnation e na Cupcake Pink. A Sky Pink é mais aberta, então deixei como ficou mesmo.
Quanto mais pastel você quiser, só ir diluindo mais.
Lembrando que indico FORTEMENTE que você faça teste de mecha a medida que for diluindo, pra garantir que a cor irá pegar.











6-Bora fazer o lavanda?
Pegue um pincel e pingue no frasco de VG.
Ou um pente.
*Sim, é pouco mesmo.

NÃO se esqueça de tampar a VG logo após o uso! Não deixe aberto!!
É pingar e fechar em seguida.
Se esbarrar ou acidentalmente cair, vai manchar tudo!!













7- Mistura e...
Ieeeiiiii, você está começando a criar variações de lavanda! \o
Ele é mais rosado que matizador e mais azulado que o Lavender da Directions, por exemplo.













8-"Tá, muito legal isso, mas...Eu quero mais rosado!"
Sem problemas! Coloca mais uma medida de rosa.














9- Misture bem.
Analise o tom. Está lilás/rosado o suficiente?
Sendo não, é só ir adicionando, aos poucos, mais rosa.














10- Ficou no tom, mas você quer um pouco mais claro?
Sem problemas, adicione mais uma medida de creme e assim vai...













11-  Pronto!
Você tem um tonalizante lavanda derivado de rosa e roxo.
As medidas variam, o que fiz foi uma simulação e escolhi o tom de lavanda mais comum que me mandam fotos.

Sendo a medida média 1:4 (1 de rosa e 4 de creme), seu tonalizante pode render, facilmente, uns 300ml de lavanda e variações.













Observação importante: A cor e si já é clara.
A diferença dela feita assim e o tonalizante pronto é basicamente o fixador.
Porém, como a cor vai saindo conforme as lavagens, é mais negócio fazer uma um pouco mais escura de inicio, pra desbotar lavanda!
Coisa que você não tem com as que já vem prontas. É aquela cor.
Ou pega no cabelo e fica como você quer ou já era. Ou você precisa descolorir mais ou fica manchado.

Com esse "método", dá pra dosar o quão rosa ou o quão roxo você quer. O quão mais intenso ou o quão mais claro você quer.

Sinceramente, uso a Lilac pra manter a franja branca e dura em média 4 lavagens! A cor em si fica só no inicio.
E todos os outros lavanda e derivados que já usei foram isso:
Da Kamaleão, durou 3 lavagens
Da Manic Panic, nem pegou.
Da Special Effects, durou 2 lavagens
Da Directions, durou 4 lavagens
Da Candy Color, o mesmo que da Kamaleão.
A que mais durou foi da Raw e mesmo assim: 6 lavagens! haha


 Uma foto em ambiente aberto:










A Sky Pink ficou mais pastel.
A Carnation Pink ficou um pouco mais rosada e "brilhosa"
E a Cupcake Pink um pouco mais pro roxo.

Considerando que foi uma simulação nas MESMAS condições, dá pra adaptar:
-Se você tiver a Carnation e quiser menos rosada, é só adicionar mais VG.
-E se você tiver a Cupcake Pink e quiser mais rosada, é só adicionar mais tonalizante.

Então gente, falando como quem vende tonalizantes e teria todo o interesse em fazer propaganda: Não compensa investir em cores pasteis.
Porque ao longo do desbotamento, a cor fica praticamente igual.
E outra: os tonalizantes contem de 88ml a 115ml.
Não é indicado diluir pela cor já vir pronta "no limite".
Assim, dependendo do tom que você quiser, os 88ml podem render meio litro!

Particularmente, lido com cores fantasia de tudo que é marca, tenho acesso a uma centena de cores e não uso as pasteis prontas.

Bem, fica a dica de amiga! ^^
E, qualquer dúvida, é só avisar!
d:-)